domingo, 17 de julho de 2011

⊙ Mensagem do Sol

O Sabor do Saber

"Os que não sabem chorar, também não sabem sorrir"
- Golda Meir (do livro O caminho quádruplo)


Sentir o sabor do saber é honrar as quatro formas de ver: Intuição, Percepção, Visão e Discernimento.
Para saborear a Intuição é preciso desenvolver a dimensão sagrada da Escuta:
ter ouvidos no coração.
Saborear a Percepção é estar mais próximo de si mesmo e do outro pelo exercício do distanciamento:
ter olhos nas mãos.
Saborear a Visão requer mente quieta, coluna ereta, coração aberto e sopro certo, para adentrar a dimensão mágica do silêncio da mata escura, das profundezas do mar, das alturas da montanha, da imensidão do deserto:
ter os pés nos próprios pés.
O sabor do Discernimento está na magia do Encontro, do Conflito e do SerViço, no abraço da Vida com tudo o que ela nos oferece, no Joio e no Trigo:
ter o coração nos olhos.

Você tem de saber o que quer atingir.
Mas quando souber, deixe-se possuir por esse conhecimento.
E se ele parecer desviá-lo de seu rumo, não se detenha, 
porque lá, talvez, seja onde, instintivamente, você deseja estar.
E se você se detiver e tentar ficar sempre no mesmo lugar, você vai murchar.
(Fritz, The path of least resistance) - do livro O Caminho Quádruplo.


O Sabor do Saber está na mágica alegria do Querer.
O Saber do Sabor está na deliciosa bem-aventurança do Ser.
Deus AoBemSoa teu passo rumo ao melhor do Melhor em ti.
Na percepção do meu abraço e na bênção do meu sorriso
J 

Sugestão de leitura: O Caminho Quádruplo e Educação para todas as Vidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário