quinta-feira, 5 de maio de 2011

Mensagem da Mãe Gaya


Entre Vi(n)das

A história que partilhamos ontem sobre Nasrudim, nosso personagem arquetípico, nos convida a Reconciliação, pois, antes que você morra, é bom ReCOMciliar-se, ReCOMsiderar-se, ReCOMfirmar-se, ReCOMunicar-se, ReCOMungar-se, ReCOMpor-se, ReCOMfraternizar-se, ReCOMhecer-se, para doer menos, para facilitar a passagem pela porta estreita, onde bagagem não é permitida, onde Criatividade e Critério, juntamente com Intuição e Intenção, são bem vindos.
A Grande Mãe tem carinhosamente nos acolhido em todas as nossas vi(n)das, tem nos agraciado com nada menos que tudo, tem nos dado o Presente da vida e da morte, nossas passagens por aqui. 
Nosso Grande Pai tem, carinhosamente, nos enviado para Vi(r)Ver novamente o que, por alguma ventura, aventura ou desventura, não tenhamos visto ou vivido nas vi(n)das anteriores, tem nos agraciado com muito mais do que tudo, tem nos dado o Presente da Vida e da Morte, nossas Escolhas por aqui.
Nesse "dia das mães", qual será o Presente que COMpartilharemos com nossa Mãe Incondicional, nossa Mãe Terra, Patcha Mama, a Grande Deusa do Ventre Sagrado e dos Braços eternamente abertos??? 
Grande Mãe,   eu te ofereço toda minha Tristeza e toda minha Alegria;

te ofereço o Melhor de mim a cada e todo Santo Dia,
te entrego uma alma sã num corpo são, um Ser por inteiro;
quero florescer no chão do teu Jardim e ser um bom Jardineiro!

Nenhum comentário:

Postar um comentário