quinta-feira, 14 de abril de 2011

♃ Um Recado de Zeus

Tua Sombra, teu Talento


"Quem dá as costas ao Deserto, dá as costas, também, ao Oasis".
Quem atravessa o sombrio, assombroso, assombrado deserto da própria depressão, da própria dor, passeará em paz, por alguns instantes, pelo assombreado Oásis da própria celebração, do próprio amor. 
Quem dá as costas à própria Sombra, dá as costas, também, ao seu Maior Talento.
Quem atravessa o deserto sombrio da própria ignorância, da própria Sombra, apesar da dor,
passeará tranquilamente, por alguns instantes, pelo oásis assombreado da abundância do próprio Talento, 
apesar do amor.
Em marcha...
... apesar da dor, apesar do amor, apesar de tudo, apesar de ti mesmo, em marcha.

Sugestão de leitura: Amar apesar de tudo, por Jean Yves Leloup.

Nenhum comentário:

Postar um comentário