segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Cuidar do Ser



            Se você já parou para prestar atenção à Natureza – prestar atenção aqui significa escutar com o coração – deve ter percebido o “cuidar” que nEla existe.   É um cuidar silencioso e sutil, onde vegetais emprestam proteção a animais, e onde animais compartilham vida com outras espécies animais, além de cuidar atenta e incondicionalmente dos seus.
A Educação está no respeito e na dignidade com que a Natureza opera suas leis e isso nos ensina tudo de que trata a Educação: viver e deixar viver para viver melhor.
Afinal, por que estamos aqui?  Para que estamos aqui se não para compartilhar e saborear, juntos, cada dia que a vida nos dá de Presente?  – E por falar em presente, repare no amanhecer, com que cuidado o sol nos faz despertar toda manhã!   Repare também o anoitecer; sinta o silêncio cuidadoso com o qual a noite nos traz a tranquilidade após um dia de atividades, às vezes, tão intensas! Assim a Educação acontece na Natureza, com cuidado, com carinho, respeito e dignidade. Silenciosa e gratuitamente Ela nos mostra como viver uma vida que vale a pena; com responsabilidade, persistência em nossos sonhos e atitude educativa com nossos filhos e próximos, bem como conosco mesmos, é claro.
Esta é a melhor escola a que podemos nos matricular, sem taxas ou mensalidades.   É a Universidade da Vida, do dia a dia, que não nos cobra dinheiro, mas coragem e dedicação para a lição de casa: CUIDAR DO SER e Cuidar de Ser.  Cuidar do meu ser, para que eu seja melhor a cada dia, e do ser do outro*, para que ele também possa ser melhor a cada dia.
Educar é cuidar.   Cuidar do meu corpo e do corpo do outro, da minha saúde e da saúde do outro, do meu espírito e do espírito do outro, da minha dignidade e da dignidade do outro, tendo em mente que num momento eu sou EU e noutro momento eu sou o OUTRO.
Você pode chamar isso de Filosofia.   Eu chamo isso de Educação.   Educação para a Vida, para um ser melhor, para o compartilhar, para aprender a gostar de estar aqui, para aprender a perceber o privilégio de ser quem se é, e que vale a pena a Jornada para tornar-se quem se veio ser.

*Outro, do dicionário, significa: diverso do primeiro; diferente; seguinte; mais um; restante; semelhante; outra gente, outrem.
PS: Somos um pouco ou muito de todos estes significados em determinados momentos de nossas vidas.

Sugestão de leitura: Cuidar do Ser (Jean Yves Leloup)

Nenhum comentário:

Postar um comentário